Make your own free website on Tripod.com

 

Terapia da Regressão

Hipnose

Terapia de Vidas Passadas

 

 

O SÉTIMO E O OITAVO PASSO.

 

 

 

 

 

O Sétimo Passo

Neste passo você vai anotar sua visualização. Lembre-se de anota-las sempre nos mínimos detalhes, colocando o desenrolar da visualização e também seus sentimentos, sensações e insights.

O desenho é um recurso muito importante e deve ser bastante utilizado, pois permite com que a anotação do sonho e da visualização fiquem muito mais fidedignos. Além de desenhar, você pode fazer esquemas dos sonhos e da visualização, pode marcar as cores e formas geométricas que podem aparecer nos mesmos, etc. Não é necessário fazer desenhos bonitos, pois o que se busca é, única e exclusivamente, uma melhor expressão do que aconteceu. A fim de facilitar o ato de desenhar é recomendável que você utilize papel sem pauta.

Obs: quando for anotar sonho, visualização e avaliação procure utilizar frases curtas. Assim, você ganha objetividade.

 

Acrescente este site aos seus favoritos

e nos encontre sempre que desejar.

 

 

O Oitavo Passo

Durante o processo de visualização você vivenciou e descobriu novos aspectos do seu ser. Você foi despertado para novas formas de viver, sentir, relacionar, etc. Novos caminhos se abriram. Agora é necessário caminhar por eles. Para tanto é preciso avaliar a visualização e então chegar a um compromisso ético. Um compromisso de seguir o rumo da transformação que se iniciou durante a visualização. A visualização abre as portas, constrói pontes, pavimenta e ilumina o caminho, mas a tarefa de levar adiante a transformação, de aproveitar a oportunidade, é de cada indivíduo.

Na avaliação você deve tirar uma conclusão a respeito do que aconteceu na visualização, relacionando-a com sua vida cotidiana. Esta conclusão deve levar em consideração seus insights, sentimentos, idéias, sensações e atitudes na visualização. Uma boa dica para quem está iniciando é:
a) perceba qual(is) a(s) coisa(s) que mais te chama(m) atenção no momento em que você começa a avaliação.
b) traduza em frase(s) curta(s) e objetiva(s).
c) avalie concretamente o que aconteceu na visualização.
d) tire uma conclusão, levando em conta sua vida cotidiana e a avaliação do tópico "c".
e) baseado no que você levantou faça uma avaliação geral.

 


Exemplo: a) " eu não tinha para onde ir e me sentia angustiado e com falta de ar. b) eu não sabia para onde ir. c) não existia nada que me impedisse de ir a qualquer lugar. Todos os caminhos estavam desimpedidos e eram possíveis. d) eu não me arrisco. Fico angustiado, parado e sufocado, mas não me arrisco. e) sempre fico paralisado, angustiado e sufocado. Eu preciso arriscar para ser feliz."
Obs: se na letra "a" você selecionou várias coisas faça este processo várias vezes. Se você selecionou só uma coisa também pode refazer este processo quantas vezes quiser.

Outra forma interessante de avaliar é escrevendo (com frases curtas e objetivas) uma síntese do que aconteceu na visualização fazendo uma ponte com a vida normal.

O compromisso ético se refere à necessidade do indivíduo assumir a responsabilidade por si próprio e por sua vida. Se ele descobre o amor de sua mãe por si, ele pode assumir o compromisso de sempre lembrar deste amor e de procurar as lembranças positivas da mãe, pode assumir o compromisso de estabelecer um diálogo com a mesma. Também pode assumir muitos outros compromissos. Todos estes compromissos éticos tem como finalidade potencializar as transformações que ocorreram dentro da pessoa e permitir com que estas transformações se efetivem e sejam ampliadas.

No caso do exemplo 2 ( no qual a pessoa explora o quarto/masmorra ), a pessoa entendeu ( avaliou ) que após um momento inicial de desenvoltura ela começava a ficar com medo e não dava prosseguimento nas suas atividades. Ela se tornou consciente do fato e do medo. O seu compromisso ético foi enfrentar o medo e não recuar na vida.

Outro exemplo: um homem sonhou que dormia e que ( de manhã ) ao acordar, em vez de colocar os pés no chão, começou a flutuar no ar. Na visualização ele se vê flutuando pela casa, na janela observa o nascer do sol, na cozinha olha os alimentos. Tudo acontece em câmera lenta. Durante a visualização ele sentiu um prazer enorme em se ocupar somente com aquele momento, sem se preocupar com nada mais. Na avaliação comparou a visualização com sua pressa cotidiana em acordar, "engolir" os alimentos e ficar o tempo inteiro preocupado com o que faria durante o dia. A partir desta visualização ele despertou para a necessidade de mudar sua vida neste ponto, e assumiu o compromisso de levantar um pouco mais cedo, ajudar a cuidar dos filhos, ter tempo para conversar, falar da vida, tomar café da manhã sem pressa, e algumas coisas mais. Meses depois relatou o quanto este momento da manhã se tornou prazeroso e importante para ele, para os filhos... para a família inteira.

A visualização não será completa se você não cumprir este último passo. Este é o momento em que você assume o compromisso com você mesmo. Um compromisso de ação para o seu dia-a-dia. Você deve aproveitar esta chance, pois assumir o compromisso ético que tem origem no uso da técnica é bem mais fácil do que assumir um compromisso que dependa única e exclusivamente da força de vontade. Com o uso da técnica você foi mobilizado para este compromisso, além do que, muitas das amarras que dificultavam sua realização foram desfeitas no processo da Alquimia Simbólica. Portanto, aproveite esta chance.

Uma dica: quanto mais preciso e objetivo for o seu compromisso mais fácil será de realiza-lo. Se você conseguir reduzi-lo a uma pequena frase melhor. Ex: vou me lembrar sempre deste sentimento. Vou procurar boas lembranças desta pessoa. Vou mudar meu modo de vestir.

 

 

 

 

 

 

 

Anterior

Home

Próximo

 

 

 

Conheça o autor

Cursos e Consultas

 

 

 

Terapia da Regressão

Hipnose

Terapia de Vidas Passadas

 

 

FACEBOOK: http://www.facebook.com/mesquitaregis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Todo o conteúdo escrito deste site está registrado no Escritórios de Direitos Autorais da Biblioteca Nacional.

Proibida a reprodução total ou parcial sem a autorização escrita do autor.

 

 

Copyright © 1996 - 2012 by Regis Soffiatti Mesquita de Oliveira